Só acaba bem

À medida que adormeço já vislumbro meu bairro enquanto sinto o teto da casa sob meus pés. Posso percorrer por cima de todas as residências num rasante que nunca seria possível do outro lado dessa dimensão. Flutuo enquanto esqueço minha existência, ou pelo menos já não me dou conta dela. Durante o dia jamais consegui chegar tão alto, o sono da tarde me conduz por destinos sinistros. Quando a fantasia é boa, um desastre repentino se torna algo impossível. O percurso é imprevisível, mas a proteção é certa. O ruído que me traz de volta não incomoda. A aurora não merece nenhum tipo de lamentação.

Deixei-me levar pelo ócio vespertino e caí num estado hipnótico onde me via deitado sozinho no quarto frente à porta, pela qual insistentemente uma figura adentrava meus devaneios. Era um vulto quase indescritível, apenas as mãos escuras pareciam se aproximar enquanto o corpo não saía do lugar. Tentei a todo custo me levantar e chegar até o invasor, mas mesmo de longe ele parecia conseguir me pressionar de volta no meu leito enquanto eu sentia minha vontade brigar com meu corpo inerte. Dessa vez um engasgo foi o sinal de liberdade deixando só a porta aberta com o ambiente vazio a minha frente.

Mergulhar em ilusões estimulantes ou desesperadoras pode ser ótimo, mas desembarcar do lado de cá é construir seu próprio roteiro. Poder traçar com as mãos os próprios limites e ultrapassá-los, se assim desejar. É dar de cara com o bem e o mal e ter opções para seguir, ou não continuar. Nas profundezas da consciência existem válvulas de escape para o que se julga ser palpável. E de lá é difícil distinguir saídas aparentemente tão simples. Ainda assim aguardo a criatura das sombras nessa noite.

Jenilson Rodrigues/ Priscapaes

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s